Alergia

Meu pet tem alergia. Ele pode receber a dieta do Cachorro Verde?

Em princípio, sim. Muitos donos de pets alérgicos têm relatado significativa melhora do quadro de coceiras e de lesões de pele algum tempo após a introdução de uma dieta caseira natural, seja ela crua ou cozida. O grau de melhora pode depender da causa da alergia – picada de insetos, atopia (pólen, ácaros, etc), alimentos, etc. De qualquer maneira, está provado que uma dieta fresca e variada pode fortalecer a imunidade natural, o que ajuda a combater qualquer forma de alergia e de lesão.

Entretanto, se a alergia de seu animal for de fundo alimentar, será preciso descobrir a que alimento(s) ele tem alergia antes de introduzir as sugestões de dieta oferecidas pelo site. Alguns pets podem apresentar alergia a frango, outros a peixes, outros a ovos, a grãos, etc; e algumas dietas sugeridos pelo Cachorro Verde contêm todos esses alimentos. Muitas vezes, no entanto, o animal é alérgico aos aditivos (conservante, palatabilizantes, corante) da ração que ele vinha recebendo antes, e não a algum ingrediente (frango, arroz) daquela dieta. Isso talvez explique porque alguns cães e gatos que eram suspeitos de serem alérgicos ao frango contido na alimentação anterior, não apresentaram alergia ao comer frango in natura.

Em outras circunstâncias o pet pode ser alérgico aos resíduos agriculturais ou agropecuários presentes em certos alimentos não-orgânicos. Alguns cães apresentam coceiras por todo o corpo, que diminuem consideravelmente quando se substitui o frango comum de sua dieta por frango caipira ou orgânico. Para saber se um ou mais alimentos da dieta natural desencadeiam alergias em seu animal, é preciso introduzir um novo alimento de cada vez na dieta dele e observar suas reações. Reações negativas como coceiras, vermelhidão na pele, feridas, bolhas, vômito ou diarréia que acontecem logo em seguida da introdução de um novo ingrediente na dieta podem indicar alergia aquele ingrediente.

Esse estudo traz um texto interessante sobre hipersensibilidade alimentar em cães e sobre como instituir uma dieta de eliminação para identificar o alimento suspeito de provocar alergias. A instituição de uma dieta de eliminação é a única maneira de descobrir a que alimentos os pets são alérgicos. Se seu pet sofre com algum tipo de problema de pele e outras causas já foram descartadas (pulgas, carrapatos, micoses etc), repasse esse material ao seu médico-veterinário, ou agende uma consulta com a Dra. Sylvia do Cachorro Verde para formular de uma dieta de eliminação para seu pet.

É importante enfatizar que alguns cães e gatos mais sensíveis podem apresentar reações similares a uma alergia durante o período de adaptação à nova dieta. Um quadro súbito de coceiras e/ou de outros sintomas como descamação da pele, maior eliminação de pêlos, mau hálito e fezes amolecidas, durante a primeira semana de dieta natural pode ser sinal de um “processo de desintoxicação” benéfico segundo autores das dietas naturais. No entanto, se os sintomas se agravarem ou persistirem por mais de uma semana, o médico-veterinário deve ser consultado, e a causa, investigada.

Em caso confirmado de alergia alimentar, a composição da dieta deve ser alterada. Isso é perfeitamente possível com a Alimentação Natural. Basta substituir um tipo de alimento por outro (ex: frango por peru, por coelho, ou por carne bovina, etc).

Também sugerimos que você procure um bom médico-veterinário homeopata. A Homeopatia é uma terapia de baixo custo que não intoxica o animal e que ajuda a reequilibrar o organismo como um todo. Muitos problemas de saúde de nossos pets, incluindo alergias, foram controlados com sucesso com tratamentos homeopáticos.

Só para resumir os pontos-chave:

Se você tem um cão alérgico e quer passá-lo para a alimentação natural:

1. Com acompanhamento de um médico-veterinário atualizado e com experiência em casos de Dermatologia, diagnostique o tipo de alergia.
2. Foi feito o diagnóstico de DAPE (Dermatite Alérgica a Picada de Ectoparasitos)? Pode oferecer a dieta natural normalmente – a alergia de seu pet não é alimentar.
3. Você instituiu uma dieta de eliminação por 45 dias e descobriu se tratar de hipersensibilidade alimentar? Ainda com ajuda do veterinário, será preciso reintroduzir, um a um, cada alimento oferecido anteriormente, com uma semana para cada novo alimento, até detectar a qual alimento o pet apresenta alergia. Descobriu? Formule uma dieta caseira sem esse alimento.
4. Foi feito o diagnóstico de atopia? Seu pet é alérgico a substâncias inaláveis do ambiente, como pólen, ácaros e poeira. Mas, até segunda ordem, pode receber Alimentação Natural.
5. Em todos os casos, se possível, consulte também um bom veterinário homeopata!

Bom apetite e uma lambida do Cachorro Verde!